fbpx

Blog

HomeDicasConverta mais leads em clientes utilizando o gatilho de escassez

Converta mais leads em clientes utilizando o gatilho de escassez

O gatilho de escassez é uma das táticas que influenciam a decisão de qualquer compra, normalmente feita por impulso. Por isso, saber como utilizá-la ao seu favor é importante para o crescimento do seu negócio, bem como a conversão de leads em clientes fiéis.

Pasme, a maioria de nossas decisões não são racionais. Mesmo nas nossas escolhas mais íntimas, como preferir comprar um smartphone Samsung, ao invés de um iPhone, ou até mesmo viajar para Orlando ou Paris.

O nosso inconsciente fala muito mais alto.

Provavelmente você já deve ter comprado algo e se perguntado: “Pra que eu comprei isso mesmo?”. E, após a aquisição, encontra uma série de motivos para justificar o motivo de ter feito isso.

Esse é o poder emanado pelo gatilho da escassez: ele acontece quando nos deparamos com um produto muito exclusivo, raro e que, se não for comprado naquele momento, nunca mais você terá uma oportunidade similar.

Ao refletirmos em uma visão mais abrangente, o marketing tradicional sempre se utilizou deste gatilho nas diversas empresas. Quem nunca quis ter um Fusca, ou qualquer carro do ano? Quem nunca quis jantar naquele restaurante renomado da cidade, ou o videogame de último tipo?

O gatilho de escassez é tão poderoso que consegue separar aqueles que estão seguindo o momento, dos que não estão. Mesmo que se pague um preço bastante alto para isso, convenhamos!

Apesar de tentador, o gatilho da escassez deve ser utilizado com integridade e eficiência, para que de fato haja sucesso nas conversões de leads (oportunidades de negócios) em clientes.

Logo, preparamos este artigo especialmente para você, que possui um e-commerce ou deseja migrar para este poderoso e infinito universo das vendas virtuais e não sabe por onde começar.

Fique conosco até o final e aproveite o nosso conteúdo!

 

Gatilho de escassez: o que é isso?

Para explicarmos o que é o gatilho de escassez, primeiro será preciso definir o que são os gatilhos mentais. Afinal, ele está dentro deste conceito macro dentro do marketing e da psicologia.

Gatilhos mentais são decisões que o cérebro toma de forma inconsciente. É como se ele automatizasse algumas ações para se dedicar às escolhas mais complexas e evitar um esgotamento mental.

Os gatilhos mentais são estímulos tão sutis que não percebemos que estamos sendo influenciados, independente da fonte. Este fenômeno ocorre por conta do neuromarketing que une biologia, mercadologia e outras ciências para persuadir o consumidor.

E são movimentos totalmente involuntários. Pode ser quando decidimos ignorar o despertador ao levantar, se vamos comer massa ou salada no almoço, se vamos abastecer o nosso carro com gasolina ou etanol, etc.

Um estudo da Cornell University, nos EUA, mostrou que o ser humano é capaz de tomar 226 decisões ao longo do dia, apenas pensando em comida.

Assim é o gatilho da escassez: quando nos deparamos com um produto, serviço ou oferta limitada, temos a tendência de agir rapidamente de modo que não nos sintamos frustrados posteriormente por ter perdido a chance. Dessa forma, o receio de se arrepender leva a uma tomada de decisão mais imediata.

Em termos práticos, o gatilho de escassez utiliza frases como “últimas unidades”, “queima de estoque”, e por aí vai, de modo que instigue o consumidor a comprar aquele determinado produto.

Pode ser aquela geladeira que você tanto sonhou em ter, ou aquela Smart TV de última geração.

 

Como se utiliza o gatilho da escassez?

Agora que entendemos do que se trata o gatilho da escassez, é hora de colocá-lo em prática. Mas de que jeito?

Como o gatilho de escassez tem bastante relação com a técnica de copywriting (metodologia norte-americana de cartas de vendas), é preciso saber persuadir sem mentir.

Isso é crucial: não venda ilusões. Apesar de utilizarmos frases como “últimas unidades”, no período digital em que vivemos isso não é muito bacana: como as notícias se espalham rapidamente, e cada vez mais os consumidores avaliam empresas através do Google ou Amazon Answers, isso pode ser prejudicial ao seu negócio.

Outra maneira de utilizar o gatilho de escassez está na quantidade limitada de vagas para um curso online ou uma vantagem exclusiva somente para os 20 primeiros compradores — pode ser um desconto especial ou um brinde, por exemplo.

 

Exemplos de gatilhos de escassez

Segue abaixo, para melhor entendimento, alguns exemplos de gatilhos de escassez comumente utilizados.

  • “Corra, últimas unidades!”
  • “Restam somente 5 itens no estoque”
  • “Vagas limitadas para o curso”
  • “50% de desconto somente para os 10 primeiros compradores”
  • “Só temos mais 4 itens disponíveis neste preço”
  • “Os 20 primeiros pedidos ganham um brinde exclusivo”

Consegue entender a diferença?

Seja honesto na quantidade disponível em estoque ou vagas do seu curso. Não venda “somente 5 unidades”, quando na verdade você tem espaço para 50 clientes.

Em tempos de Black Friday, onde a procura por grandes descontos e produtos exclusivos é muito grande, o gatilho de escassez deve ser utilizado com bastante precisão e eficiência, para que não pareça que estamos comprando algo pela “metade do dobro”.

Aplique gatilhos mentais com a 23 Digital

A 23 Digital é uma agência de marketing especializada na criação de conteúdo e geração de tráfego orgânico para todo e qualquer tipo de empresa.

Nos responsabilizamos pela criação de conteúdo persuasivo, otimização de sites para mecanismos de busca, gerenciamento de mídias sociais e SEO Off-Page e muito mais.

Para e-commerces, utilizamos técnicas de copywriting e gatilhos mentais que convertem seus leads em clientes fiéis, aumentando o lucro de sua empresa e reputação dentro da Web.

 

Entre em contato conosco hoje mesmo e solicite uma avaliação!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Iniciar Conversa
1
💬 Precisando de ajuda?
Olá 👋
Como podemos te ajudar?
Envie-nos uma mensagem clicando no botão logo abaixo 👇